quinta-feira, abril 11, 2019


Volta ao trabalho

1
Oi gente!

Hoje completa 1 mês que voltei ao trabalho.
E confesso que ainda não estou no automático.
Ainda não consegui organizar a vida.
Acordo cedo, durmo tarde e ainda acordo várias vezes a noite pra amamentar, Pedro Henrique não dorme a noite toda ainda e mesmo jantando, mama em livre demanda a noite.
Os dias que antecederam o retorno foram bem difíceis morria de medo de deixar meu filho chorando, sofrendo, ele nunca havia ficado longe de mim nem um minuto. Sempre fiz tudo pra ele e meu leite era, não fazia pouco tempo,seu único e exclusivo alimento.
Inicie a IA (depois farei um post específico) com 5 meses, meu primeiro prazo de retorno ao serviço era dia 26/02 e PH estaria com 6 meses e 6 dias. Na minha cabeça o melhor a ser feito era antecipar a IA e ganhar um mês de tranquilidade para colocar tudo em ordem. E essa foi uma escolha acertada. O recomendado é iniciar somente com 6 meses.
Como Deus é maravilhoso só voltei ao trabalho dia 11 de março, PH já tinha quase 7 meses, se soubesse disso desde o princípio teria sofrido bem menos.
Ele já estava fazendo tudo que eu orei que tivesse, já sentava sozinho, já comia 4 boas refeições, consegui regular as mamadas diurnas, passei 1 mês indo todos os dias pra casa da minha mãe para ele acostumar com o novo ambiente. E esse treinamento o deixou mais independente.
Só não consegui ofertar leite de outra forma e isso me deixou ansiosa. Em todas as consultas pedia dicas aos pediatras, fiz o que precisava ser feito mas ele não aceita nem meu leite e nem a formula de jeito nenhum.
Passei dias angustiada porque sei a demanda que um bebê requer, minha mãe (santa mãe) sempre me ajudou com os outros, mas antes ela estava mais nova, PH veio sem nenhum planejamento e claro que iria alterar a vida da vovó também.
A solução para auxiliar nos cuidados foi a contratação de uma babá em meio período, assim a vovó poderia continuar com sua rotina (mais ou menos) rs.
Então a vida está assim: vamos para casa da vovó todos os dias bem cedinho, ela fica com PH até as 8 quando a babá chega, depois fica com ele até eu chegar. Chego todo dia as 15 horas.
Estou com horário especial ainda entro 07:30 e estou saindo as 14 horas. 
Em breve ficará mais fácil, iremos nos mudar para o condomínio da vovó.
Acredite tudo que Deus faz é bom. Pedro Henrique chegou chegando e trazendo novidades,  melhorias.
E como foram os primeiros dias do retorno?
Deixei PH e chorei o caminho todo até o serviço, doeu meu coração. Parecia que uma parte de mim havia sido arrancada, mas depois refleti e sabia que ele estaria no melhor lugar que poderia estar. 
Detalhe contratamos a babá no domingo e ela começaria na segunda, ela não conhecia PH, mas graças a Deus foi amor a primeira vista.
O primeiro  dia o peito encheu demais que tive que ordenhar 3 vezes e quando cheguei em casa estava cheio novamente.
A natureza é sabia e no segundo dia foi preciso só 1 ordenha.
No terceiro dia nenhuma.
E até agora está tudo bem. Ele fica tranquilo na sua rotina.
E assim vamos seguindo.
O começo de tudo é complicado mas com fé e tranquilidade tudo.
E se você está passando por esse momento de ansiedade que é a volta ao trabalho acredite....você sobreviverá e seu bebezinho também.

Sim aqui já estava chorando 


A vovó que tanto nos ajuda


E ele ganhou presente da Tia Rey


Eu ganhei café da manhã dos meus amigos de serviço


 Amo ser mãe..amo ser profissional.


***Beijos, saúde e sucesso***

1 comentários:

CÉU disse...

Olá, querida Lauisa!

Seu post é mto terno. Adorei ler esse e os anteriores, como o da despedida da barriga-rs.
Pois é, PH já está com 7 meses e era altura de você voltar ao trabalho, mas a ansiedade de deixar seu filhote falou mto alto, mas teve de ser.
Adorei conhecer a família toda e você ficou mto elegante após parto.

Beijos para todos vocês.

Postar um comentário

Obrigada pela visita e pelo seu comentário. Se você tem um blog, deixe o link gostaria muito de retribuir seu carinho. Se não tem, deixe seu e-mail para eu te agradecer também!
Beijos, saúde e sucesso.